Moscou / Mineralnye Vody / Terskol

Levantamos às 6h, tomamos banho, nos arrumamos e descemos para o café da manhã, que é exageradamente variado, com saladas de pepino, cenoura, tomate, frios, queijos, muitos tipos de pães, panquecas, waffles, coalhada, iogurte, omelete, ovos mexidos, etc. Na verdade tem cara de almoço, mas é café da manhã.

Depois da orgia gastronômica, subimos para terminar de arrumar as coisas e descer com as marinheiras e mochilas. Separamos as roupas e objetos que ficariam no hotel em Moscou e partimos em 2 vans para um dos aeroportos de Moscou, que ficava a 2 horas do nosso hotel. Aliás o hotel era imenso, com uns 21 andares e por volta de uns 80 quartos por andar. Imenso e com cara de antigo.

Após toda a jornada para chegar até o aeroporto, fizemos o check in, despachamos as bagagens e fomos para a sala de embarque. Ficamos por ali, comemos alguma coisa num restaurante gostoso e descemos para pegar nosso voo.

Levamos 2 horas até Mineralnye Vody e chegamos lá com um calor enorme, pegamos nossas coisas e fomos para a van que nos levaria até Terskol. Foram mais 4 horas de estrada com um motorista maluco que corria loucamente nas curvas da serra, com animais como vacas e burros atravessando a pista o tempo todo e logo de saída uma batida muito feia, que causou um engarrafamento grande.

Conhecemos nossa guia, Ekaterina, que foi conosco na van e em determinado ponto pedimos para parar e respirar um pouco, pois com o excesso de velocidade nas curvas, calor e lá no fundo da van, alguns estavam se sentindo mareados e com ânsia de vômito e eu fazia parte deles.

Chegamos à Terskol por volta das 18 h, pegamos os quartos, deixamos as coisas e fomos jantar. Após o jantar, que não foi muito interessante, pelo menos para quem estava comendo o menu vegetariano, que era o meu caso, saímos para dar uma volta na cidade, que é muito pequena e não havia uma alma na rua.

Existem alguns hotéis e restaurantes interessantes, mas completamente vazios, já que é uma cidade turística que vive da temporada do ski e estávamos na temporada da montanha e sem neve por ali. Demos uma caminhada e voltamos ao hotel. Todos ficaram na recepção lendo, mandando mensagens e depois fomos para o quarto para terminar de arrumar as coisas para amanhã, tomar banho e descansar para o início da trilha.

O caminho até Terskol tem partes bonitas, com montanhas de pedras, com um pouco de neve nos topos, cidadezinhas que parecem abandonadas e esquecidas no tempo da guerra fria e parte da estrada é ladeada por um rio com uma correnteza bastante forte.

São 23 h e hoje vou dormir mais cedo.

Postagens em Destaque
Postagens Recentes
Siga-me
  • Wix Facebook page
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Faça parte da nossa lista de emails

Nunca perca uma atualização