Gratidão

Gratidão é uma palavra que anda na “moda” ultimamente, mas é bom que seja assim, porque é importante reconhecer tudo o que nos acontece e sermos gratos por aprendizados, experiências e acontecimentos.

Final de ano, normalmente, pensamos em tudo o que passou, no que vivemos e sempre faço uma retrospectiva desses 365 dias que costumam ser bastante interessantes. Esse ano de 2015 passou voando, deixou um cheiro de finitude e já está de partida.

Foi um ano intenso em muitos sentidos, com muitos sentimentos contraditórios e desencontrados, grandes aprendizados em termos de paciência e resiliência, com encontros lindos e pessoas muito especiais que me fizeram enxergar outros lados meus e me mostraram a beleza da diversidade humana. Elas me fizeram mais gente, me fizeram crescer.

Estive em lugares inóspitos, distantes e tão lindos que a mente custa a acreditar na beleza que os olhos tentam abarcar. Tive a oportunidade de me experimentar como ser humano, tirar a armadura e entregar as armas que nos distanciam das pessoas. Me permiti experimentar mais, me cobrar um pouco menos em muitas questões e dar espaço para que o coração tomasse as rédeas e me fizesse mais plena.

Vivi momentos difíceis, gritei, chorei, tive lampejos de autocomiseração, mas nunca perdi de vista a brevidade de todos os acontecimentos, sejam bons ou ruins. Acreditei em algo maior, depositei esperança nas certezas do meu coração, continuei e continuo caminhando a despeito de todas as ondas contrárias que insistem em me jogar na praia.

Com tantos desencontros, agradeço a cada dia mais a família que tenho e a base que me ajudaram a construir, com seus valores e crenças. Agradeço a confiança das pessoas em mim, aos olhares carinhosos de tanta gente que me “empurra” para a frente com palavras doces, incentivos e reconhecimentos.

Definitivamente não foi um ano fácil, mas foi intenso, rico em oportunidades, as quais abracei com todas as minhas forças, coragem e paixão. Sorri e sofri com todas as nuances que cabem em cada sentimento.

Guardo todas as memórias de lugares, de pores do sol, de risadas, de amigos queridos, de sentimentos verdadeiros, de emoções fortes, de lágrimas derramadas, brindes levantados, olhares penetrantes, noites de silêncio, dias ensolarados e almas entrelaçadas...

Sou grata por estar nessa caminhada e por saber que cada passo me leva em direção aos meus sonhos e que eles ajudam a dar forma a uma pessoa ávida por VIDA em todas as suas dimensões, descobertas e possibilidades.

Patagônia Chilena

Postagens em Destaque
Postagens Recentes
Siga-me
  • Wix Facebook page
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Faça parte da nossa lista de emails

Nunca perca uma atualização