Alma leve

Interessante como os encontros se dão, como as conexões se formam, como as energias se encontram e a vida acontece. Interessante descobrir afinidades em quem nem conhecemos, sentir saudades de quem pouco nos abraçou, desejar proximidade com quem só cruzamos algumas vezes.

Essas coisas não se explicam, porque sentimentos costumam ser assim mesmo: nos tomam de assalto e quando vemos, nossa vida virou de cabeça para baixo, nossas certezas já não são tão conhecidas e nos descobrimos frágeis, vulneráveis, mas ao mesmo tempo serenos e conhecedores de algo mais sublime.

A vida não cansa de nos presentear com grandes encontros, com pessoas que nos tocam em nossa essência, que transformam uma conversa simples num intrincado jogo de palavras que envolve, instiga e deleita. Bom saber que o coração acelera, que o sangue flui mais rápido e que a emoção passa a dar sentido às palavras, aos arrepios, à beleza que se encontra em cada olhar.

Bom encontrar poesia em cada esquina, em ter vontade de sair cantando e dançando pela rua, em ter vontade de abraçar alguém só porque se está feliz, porque a alma se move leve dentro do corpo.

Bom estar apaixonada pela vida e suas possibilidades, bom lembrar de uma voz querida, de pessoas que nos mostram que nem todos são iguais, que nos mostram que a simplicidade de pequenos gestos é capaz de tocar almas e mudar destinos.

Bom reaprender a sentir, se permitir dar sem esperar retorno, sentir saudade de gentilezas raras, se abrir para a vida, porque, invariavelmente, ela lhe devolverá afeto embrulhado em almas lindas que passam por nós e nos fazem acreditar em sonhos.

Finisterre - Espanha

Postagens em Destaque
Postagens Recentes
Siga-me
  • Wix Facebook page
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Faça parte da nossa lista de emails

Nunca perca uma atualização