Recomeçar

É, estamos vivendo tempos complicados, momentos tensos, onde tantas e tantas coisas nos parecem erradas, fora do lugar, que às vezes, só às vezes, tenho vontade de fugir para muito longe de tudo e todos e começar do zero.

Mas não é assim que a vida funciona. Fugir para esquecer ou deixar para trás algo, só nos faz levar o problema para passear, porque o que está dentro de nós e que nos incomoda, continua ali, no cantinho que criamos para ele.

Nunca ninguém disse que seria fácil, é verdade, mas acho que talvez, nós compliquemos demais as coisas, e aqui estou fazendo um mea culpa. Não estou apontando o dedo para o outro, mas para mim mesma. Mas qual o grande aprendizado de todos esses momentos angustiantes, difíceis e longos?

Tudo o que é muito fácil pode ser qualquer coisa, mas não seria a minha vida, definitivamente. Em algum ponto devo ter escolhido aprender com o que não se resolve fácil, com o que não vem fácil, talvez para dar ainda mais valor a todas as conquistas tão suadas que tive e ainda terei.

E eu nunca vou aprender se não superar o desânimo que bate à porta vez por outra, se continuar procurando lógica para tudo e se não aprender a construir outra história e enxergar novos horizontes.

Ok e onde vou encontrar força e motivação para continuar? Talvez usando uma regra que aprendi no mergulho, quando entramos em pânico no fundo do mar: pare, respire e pense. Nos distanciar do problema, já nos faz enxergar a coisa sob outro prisma. Ou quem sabe dando o tempo que as coisas precisam para se ajustar. Lição difícil para quem vive na ansiedade do fazer, de encontrar soluções, mas, sem dúvida, um aprendizado rico e necessário.

Uma coisa eu já aprendi: ouvir meu coração a despeito de todas as opiniões contrárias, tem me dado paz e serenidade em meio ao furacão. E no meio disso tudo, sorria.

Sorria para as coisas simples que acontecem e que nos rodeiam, sorria para as pequenas conquistas, para as demonstrações gratuitas de carinho e reconhecimento, tente não pensar demais, aprenda a ouvir mais, converse com quem te faz bem, chore mais, sem vergonha de deixar as lágrimas escorrerem, durma no sofá numa tarde preguiçosa de domingo, ria de você mesmo e tente ligar menos para o que os outros pensam, afinal, isso é problema deles. Não faça disso um problema seu e não deixe que outros julguem seus defeitos.

Ser responsável faz parte, mas seriedade demais cansa e é chato. Um pouquinho só de imprudência pode deixar a vida mais interessante. E se não der certo, pelo menos aprenda com o erro; já é uma forma de evolução. E mais importante do que tudo: apaixone-se...por um sonho, por uma conquista, por uma pessoa especial, por um fim de tarde na praia, por um dia ensolarado, por um horizonte e mais ainda, pela vida, que nos dá a chance diária de sermos melhores do que fomos ontem.

Não procure pela felicidade desmedida. Ela é ilusória e inatingível. Procure recomeçar sempre, fazer o novo e não desistir nunca de nada que te faça sentir vivo. Estamos aqui de passagem, então façamos desse tempo e dessa caminhada a melhor trilha para o melhor peregrino que pudermos ser.

Fernando de Noronha - Pernambuco

Postagens em Destaque
Postagens Recentes
Siga-me
  • Wix Facebook page
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Faça parte da nossa lista de emails

Nunca perca uma atualização